banner header Blog

Ouvidos entupidos: Veja as nossas dicas para desobstruí-los

Ouvido entupido é algo comum, mas, quando não tratado, pode gerar doenças graves, como as que descreveremos a seguir. Entretanto, mesmo sabendo disso, as pessoas apelam para técnicas caseiras e duvidosas que acabam pondo em risco até mesmo o bom funcionamento auditivo. Todo cuidado é pouco com o sistema auricular, pois ele é muito sensível a ações externas.

Pensando nisso, neste artigo mostraremos à você alguns dos principais motivos que podem levar ao entupimento do ouvido para que seja possível descobrir o momento adequado para procurar um médico. No dia a dia, o ideal é evitar atitudes que prejudiquem.

Principais causas

Existem várias razões para o entupimento do ouvido. Entre elas: a exposição do canal auditivo à água, a mudança de pressão atmosférica e até doenças infecciosas. Há outros atos que também podem causar o entupimento, como o uso de cotonetes, que empurram a cera para dentro do canal.

Vejamos um pouco mais sobre cada um desses motivos e fique atento para evitar problemas com o ouvido.

Barotrauma

Conhecida também como “orelha de avião”, essa condição ocorre quando o ouvido não consegue ajustar sua pressão de uma forma adequada. Ou seja, exposto à alta pressão o ouvido fica temporariamente entupido.

Uma vez normalizadas as condições de pressão atmosférica, os sintomas do Barotrauma costumam passar em poucas horas. Contudo, se persistirem, você deverá procurar por um especialista.

Porém, se durante um vôo seus ouvidos começarem a entupir, você pode utilizar algumas técnicas passivas e simples como bocejar, mascar chiclete ou beber água para aliviar a dor.

Há outra situação que ocorre o entupimento dos ouvidos por pressão atmosférica: a mudança de ambiente que esteja no nível de solo, por exemplo, entre regiões metropolitanas e áreas litorâneas. 

No Brasil, há uma tendência geológica de que as grandes cidades estão em planaltos, com grande altura em comparação com o nível do mar. Quando há o deslocamento de pessoas entre essas regiões, a tendência é que o ouvido sofra com a mudança de pressão atmosférica, entupindo.

Infecção na orelha

Provocada pelo acúmulo de fluidos no ouvido, a infecção ou otite média, como é conhecida, também pode causar dor e sensação de ouvido entupido.

Gripe e outras doenças, cujo efeito colateral aumenta a produção de muco na cabeça, são algumas das principais responsáveis por aumentar essa quantidade de fluidos no ouvido.

As pessoas devem ficar atentas ao tomar banho e realizar a limpeza dos ouvidos, evitando a entrada de água no sistema auricular. Ao perceber que ocorreu o entupimento, é essencial tentar remover o excesso de água, inclinando a cabeça para que a gravidade faça a sua parte e facilite a saída do líquido.  Esse é um dos meios mais naturais e efetivos para a remoção da água no ouvido.

Outro detalhe é que, após o banho, é essencial secar bem os ouvidos com o uso de toalha, removendo qualquer vestígio de água. O uso de cotonetes não é recomendado, pois há o risco de empurrar a cera para dentro do canal.

Fumantes e pessoas que vivem em cidades com muita poluição também podem sofrer de otite. A fumaça nas cidades, componentes químicos do cigarro e a nicotina são exemplos de produtos que afetam diretamente os canais auditivos, podendo gerar entupimentos e, por consequência, inflamações dolorosas. O tabagismo é uma prática que deve ser combatida, garantindo a boa qualidade de vida para o sistema respiratório como um todo, incluindo o auditivo.

Portanto esteja sempre buscando tratamento médico para doenças do gênero e, caso seu ouvido já esteja infeccionado, não exite em procurar um otorrinolaringologista que dará a você o tratamento adequado.

Excesso de cera

A cera que se forma no ouvido é uma secreção normal produzida para limpar, proteger e lubrificar o conduto auditivo. Mas, quando esse mecanismo de autolimpeza funciona mal, a cera se acumula, endurece e bloqueia o canal, parcial ou totalmente. O resultado pode gerar inflamações e dores, além de um incômodo que pode literalmente tirar o seu sono.

A utilização de aparelhos auditivos, fones ou qualquer outro objeto no ouvido também pode bloquear ou dificultar a saída natural da cera do ouvido. A recomendação é que sejam separados períodos durante o dia para que o ouvido possa “respirar” e descansar. O silêncio é essencial para a recalibração natural do sistema auditivo.

Dessa forma, quando tiver o ouvido entupido devido à cera, fuja dos métodos caseiros e procure um especialista para fazer a limpeza do seu ouvido, sem agredi-lo.

Um recado especial para aqueles que utilizam cotonetes ou outros objetos para realizar a remoção do excesso de cera: há um risco real de empurrar a cera para dentro do canal auricular, causando o entupimento, dores e inflamações. Em casos extremos, há o risco de perfuração do tímpano ou até mesmo ficar preso algum pedaço do objeto que você está utilizando. O problema mais comum é o desprendimento de parte do algodão de cotonetes dentro do ouvido.

Objeto estranho

O ouvido entupido também pode ser resultado da inserção de objetos estranhos no canal auditivo. Portanto nunca insira nada no ouvido, pois até ferramentas que são popularmente utilizadas para limpeza auricular podem ser perigosas.

Cotonetes e grampos, por exemplo, não podem ser utilizados porque em vez de ajudar, empurram mais a cera e ainda podem introduzir bactérias, vírus, poeira ou sujeira dentro do ouvido, além de causar danos muitas vezes irreversíveis ao sistema auditivo.

Existem também pessoas com Transtorno Obsessivo Compulsivo (TOC) focado na limpeza dos ouvidos por meio da inserção de qualquer tipo de objeto que esteja ao alcance das mãos. Lembre-se: a tampinha da caneta não é uma ferramenta para remover cera do ouvido e há um perigo enorme para quem faz essa prática.

A limpeza com a vela oca também foi abolida pela Academia Americana de Otorrinolaringologia e Cirurgia de Cabeça e Pescoço. Afinal, com essa técnica, muitas pessoas foram queimadas e feridas.

Crianças, principalmente, costumam inserir objetos nos ouvidos. Portanto, em casos de dor ou sensação de entupimento, procure um especialista.

Ouvido de nadador

Durante um mergulho na piscina, mar ou lagoa o ouvido fica exposto facilmente devido ao contato com a água. Isso pode fazer com que, ao entrar no ouvido, cause a sensação de entupimento.

A areia, o sal, cloro ou demais produtos químicos e naturais podem entrar e se acumular no canal do ouvido, causando, além do entupimento, dores e até infecções. Todo cuidado é pouco para que o momento de diversão e prazer ao nadar não se torne um problema.

Entretanto esse tipo de condição não é exclusivo para pessoas que possuem o hábito de nadar, lugares úmidos e o próprio chuveiro podem ser causadores do “ouvido de nadador”.

Por isso, lembrem-se de que proteger adequadamente seus ouvidos é o melhor caminho para a diminuição da sensação de entupimento promovida pelo ouvido de nadador.

Automedicação: fuja dessa roubada


O ouvido entupiu e você ficou impaciente e quer resolver logo a situação sem uma avaliação médica? Há muitas pessoas que encaram essa situação e buscam medicamentos que podem ser prejudiciais ao ouvido, causando mais transtornos que soluções.

A recomendação é que em qualquer situação que envolva o sistema auricular, por se tratar de um órgão com alta sensibilidade, fragilidade e estar muito próximo ao cérebro, é que um médico especializado deve ser consultado antes de qualquer atitude. Só o profissional poderá verificar o ouvido e apontar qual é a melhor ação para resolver o problema no sistema auditivo. Automedicação, jamais!

form_cadastro

Você deve se preocupar com o ouvido entupido?

Alguns tipos de entupimentos requerem atenção e tratamento especializado. Por isso, quando os sintomas persistirem, sempre é recomendado que seja marcada uma consulta com um otorrinolaringologista.

Só o médico, por meio do otoscópio – ferramenta especial que possibilita a visualização do tímpano dentro do canal auditivo – poderá diagnosticar o problema e indicar a solução para cada caso.

Então, levando em conta que o ouvido entupido ainda pode ser causado por doenças e infecções, tentar realizar o desentupimento sozinho acabará piorando o estado em que se encontra, agravando ainda mais o quadro clínico.

A sugestão é que um médico deve ser consultado regularmente, visando acompanhar a saúde de seu ouvido, evitando o desgaste precoce ou doenças que possam existir e que afetam sua audição.

Para se manter bem informado sobre tudo o que está relacionado a sua saúde auditiva, não deixe de acompanhar o Centro Auditivo Viver pelas redes sociais:

Instagram | YouTube | Facebook

Para se manter bem informado sobre tudo o que está relacionado a sua saúde auditiva, não deixe de acompanhar o Centro Auditivo Viver pelas redes sociais:

Instagram | YouTube | Facebook

Teste grátis por 7 dias

Cadastre-se e teste nossos aparelhos auditivos gratuitamente.

ao se cadastrar, você concorda receber
ligações e e-mails do centro auditivo viver.

banner form

Posts relacionados

Faça um teste grátis

Cadastre-se e agende o seu teste hoje mesmo.