banner header Blog Cuidados

Quais são os cuidados necessários com os ouvidos durante a natação?

Praticar natação oferece uma série de benefícios para pessoas de todas as idades. No entanto, sem os cuidados necessários, esse exercício também pode provocar problemas para a saúde dos ouvidos.

Entre eles, os mais comuns são as infecções e os ouvidos entupidos. Além disso, os cuidados na hora de nadar devem ser redobrados por quem faz uso de aparelho auditivo. Tem interesse no assunto e quer saber mais?

Então, continue lendo este artigo. E, nos tópicos a seguir, confira quais são os cuidados necessários com os ouvidos durante a natação e obtenha mais informações relevantes a respeito do tema.

  • O que a natação pode causar aos ouvidos?
  • Cuidados com os ouvidos na natação.
  • Quem usa aparelho auditivo pode nadar?

O que a natação pode causar aos ouvidos?

Um dos problemas auditivos mais comuns causados pela exposição dos ouvidos na água é a infecção chamada otite externa, também conhecida como ouvido de nadador. Ela ocorre quando uma bactéria que vive em águas naturais entra em contato com os ouvidos.

Dessa forma, a pessoa pode se contaminar ao entrar em lagos, rios, praias e demais lugares. No entanto, a mesma bactéria pode ser encontrada em piscinas que não são tratadas de maneira adequada com o uso de cloro.

Além disso, a água pode afetar a saúde dos ouvidos de outra forma, como quando há acúmulo de líquido no ouvido. Nesse caso, esse excesso pode comprometer a barreira de cera, que tem a função de proteger os ouvidos contra infecções e bactérias.

É por isso que até mesmo o banho pode ocasionar esse problema, pois pode surgir uma inflamação no conduto auditivo localizado entre o tímpano e o ouvido externo. E mais, o quadro pode surgir tanto depois de exposições repetidas à água ou com somente algumas gotas do líquido.

Sintomas da otite externa

Para diagnosticar essa alteração, é preciso estar atento aos sintomas do problema. Entre eles, é possível citar: dor moderada ou intensa no ouvido, inchaço ou vermelhidão do ouvido, secreção com odor, pele escamosa, coceira e sensibilidade no local.

No entanto, se a situação se agravar, transformando-se em uma infecção, outros sintomas podem incluir febre e até mesmo perda temporária da audição. Em geral, a melhor forma de prevenir é manter o ouvido bem seco.

Dessa forma, é essencial buscar um médico especialista para prescrever os remédios necessários. Além disso, infecções repetidas no ouvido podem aumentar as chances de perda auditiva permanente no futuro.

Teste grátis por 7 dias

Cadastre-se e teste nossos aparelhos auditivos gratuitamente.

ao se cadastrar, você concorda receber
ligações e e-mails do centro auditivo viver.

banner form

Cuidados com os ouvidos na natação

Já que o excesso de água nos ouvidos pode levar a muitos problemas, o melhor é se prevenir com alguns cuidados. Entre eles, o de usar tampões para ouvidos, que são próprios para quem pratica a atividade e, por isso, funcionam de maneira muito eficiente.

Isso porque eles se moldam perfeitamente a cada ouvido, o que permite a criação de uma barreira a fim de evitar que a água entre no local. Embora haja diferentes modelos, os mais confortáveis são os tampões de silicone, que podem ser reutilizados depois de lavados.

Mais um cuidado importante, para aqueles que frequentam piscinas e desejam evitar a contaminação com a bactéria causadora da otite, é verificar como está a água do local. Ou seja, certifique-se que a água esteja limpa e que tenha sido tratada com cloro.

Como evitar problemas no ouvido causados pela água?

Da mesma forma, é preferível evitar rios, lagos e demais águas naturais que não apresentem um aspecto que indique uma água limpa. Outro cuidado importante para evitar problemas no ouvido por causa da água é ter o hábito de secá-lo muito bem, até mesmo depois do banho.

Porém, se mesmo com todos esses cuidados você sentir que existe água nos seus ouvidos, é preciso removê-la. Para tanto, uma dica é: inclinar a cabeça para baixo e depois girá-la, de modo que o ouvido fique direcionado para baixo. Isso faz com que a gravidade remova a água.

Mais uma recomendação é a de usar vapor, sendo preciso fazer uma compressa quente ou tomar um banho com bastante vapor. Essa técnica ajuda a abrir a tuba auditiva (trompas de Eustáquio) e, por consequência, possibilitar que a água escorra.

Se até esse truque não funcionar, procure um médico especialista.

Quem usa aparelho auditivo pode nadar?

E quem usa aparelho auditivo? Vale lembrar que a pessoa com deficiência auditiva pode ter uma vida normal como qualquer outro indivíduo, inclusive, podendo praticar natação. Para tanto, é preciso ter alguns cuidados.

Mesmo com um aparelho resistente à água, não é recomendado ficar com eles quando se está totalmente submerso na água. Por isso, mesmo ao tomar banho é indicado remover os aparelhos auditivos. E sempre secar bem os ouvidos, antes de colocar de volta o aparelho.

Deixar os ouvidos bem secos é fundamental tanto depois do banho, quanto após sair da piscina, rio, lago ou qualquer outro lugar similar onde você esteja nadando ou permanecendo submerso.

Da mesma forma, recomenda-se que os dispositivos permaneçam longe da umidade. Um hábito importante para quem usa aparelho de audição é fazer uso de um desumidificador todas as noites. Isso vai manter tanto o seu ouvido quanto o aparelho sempre seco.

Já que natação lembra verão, vale dizer ainda que, principalmente, na estação mais quente do ano, é essencial ter o cuidado de não expor o aparelho ao calor. E, em hipótese alguma, deixar o dispositivo em locais onde ele possa receber os raios solares de maneira intensa.

Sendo assim, não só a umidade prejudica o bom funcionado do seu aparelho auditivo, mas também o calor excessivo.

Para se manter bem informado sobre tudo o que está relacionado a sua saúde auditiva, não deixe de acompanhar o Centro Auditivo Viver pelas redes sociais:

Instagram | YouTube | Facebook

Teste grátis por 7 dias

Cadastre-se e teste nossos aparelhos auditivos gratuitamente.

ao se cadastrar, você concorda receber
ligações e e-mails do centro auditivo viver.

banner form

Posts relacionados

Faça um teste grátis

Cadastre-se e agende o seu teste hoje mesmo.