banner header Blog

Tímpano perfurado exige cuidado e atenção

Antes de falarmos sobre a perfuração do tímpano, temos uma pergunta importante: você sabe o que é o tímpano? Perguntamos isso pois, apesar de estarmos familiarizados com seu nome, mas não conhecem a sua função.

A orelha humana é dividida em 3 partes:

  • A orelha externa, incluindo a parte visível da orelha e o canal auditivo;
  • O ouvido médio, constituído pelo tímpano e os 3 ossos ligados a ele;
  • E o ouvido interno, que é o órgão sensorial que cria impulsos nervosos, os quais vão do nervo auditivo até o cérebro.

Um problema com qualquer uma dessas partes do ouvido pode levar a uma perda auditiva. Elas são temporárias, permanentes ou flutuantes, podendo afetar um ou ambos os ouvidos.

O que é o tímpano?

O tímpano é uma membrana fina que fica localizada na profundidade do canal do ouvido que possui qualidades vibratórias especiais.

Com formato arredondado, ele vibra quando o som a atinge e transmite essa vibração para ossículos do ouvido médio, que por sua vez, o levam até a cóclea, que fica no ouvido interno. Pelo fato de ser extremamente sensível, pode ser perfurado facilmente e esse é o perigo.

Quando o tímpano é perfurado, as ondas sonoras não são transmitidas, os ossículos não se movimentam e a vibração sonora não cumpre com o seu papel e não chega até a cóclea e assim, a audição fica totalmente comprometida.

Tímpano perfurado tem cura?

Como a perfuração do tímpano consiste em uma irregularidade no tecido fino que separa o canal auditivo do ouvido médio, essa condição pode levar a complicações como infecções do ouvido médio e perda auditiva.

Normalmente, as perdas auditivas são temporárias e restabelecidas quando acontece a cicatrização da perfuração, porém esse problema pode levar a surdez ou a uma perda auditiva que ocorre quando o cérebro não recebe informações sonoras suficientes dos ouvidos.

Há casos em que essas perfurações podem exigir cirurgia para reparar os danos ao tímpano. A boa notícia, é que normalmente, apenas seguindo as orientações médicas para proteger o ouvido, o organismo é capaz de curar o tímpano rompido.

Causas do tímpano perfurado

Por ser uma membrana sensível, muitos fatores podem causar a sua perfuração. Apresentaremos a seguir alguns desses motivos:

Otite

Essa inflamação em uma das regiões do ouvido (externa, média e interna) pode ser o resultado de alergias ou da ação de vírus, bactérias e fungos. A otite pode atingir pessoas de todos os sexos e idades.

Os sintomas mais comuns das inflamações que acometem o sistema auditivo são dores muito fortes e tímpano avermelhado. Em casos mais graves, o tímpano inflamado pode se romper e provocar a eliminação de pus, o que aumenta o risco de a infecção se espalhar.

Sintomas como febre, náuseas e vômitos são comuns em crianças pequenas. Em bebês com meses de vida, o problema pode aparecer simplesmente pela irritação ou pela dificuldade de dormir.

Uma infecção no ouvido médio que geralmente é resultado do acúmulo de líquidos. Portanto a pressão desses fluidos pode causar a ruptura do tímpano.

Barotrauma

É o estresse exercido no tímpano quando a pressão do ar no ouvido médio e a pressão do ar no ambiente estão desequilibradas. Se a pressão for severa, seu tímpano pode se romper.

O barotrauma é frequentemente causado por alterações na pressão do ar associadas às viagens aéreas, por exemplo.

No entanto, também existem outros eventos que podem causar mudanças repentinas na pressão, entre elas estão: atividades de mergulho e golpes direto no ouvido (por exemplo, o impacto do airbag de um automóvel ao se envolver em uma batida).

Trauma Acústico

Um som alto, como um tiro ou uma explosão gera uma onda sonora insuportável, podendo assim causar a perfuração do tímpano.

Objetos estranhos em seu ouvido

Pequenos objetos, como hastes flexíveis (cotonetes) ou grampos de cabelo, clips, tampa de caneta, chaves entre outros podem perfurar ou rasgar o tímpano.

Traumatismo craniano

Lesões graves, como fraturas no crânio, podem causar descolamento ou dano às estruturas do ouvido médio e interno, incluindo o tímpano.

Sintomas do tímpano perfurado

Se você está com o tímpano perfurado, deve ter sendito uma diminuição da audição ou uma dor incômoda. Porém, existem outros sintomas que vão fazer com que você perceba a existência do problema. São eles:

  • Dor de ouvido que pode diminuir rapidamente;
  • Corrimento de pus;
  • Perda da audição;
  • Zumbido ao tocar ou encostar em seus ouvidos;
  • Sensação de tontura ou desequilíbrio;
  • Náuseas e vômitos que podem ser resultados de vertigem;
  • Pode haver febre, tontura e vertigem;
  • Coceira no ouvido;
  • Sangramento.

Como o tímpano perfurado é diagnosticado?

Os sintomas dos tímpanos perfurados podem ser confirmados em uma análise clínica com seu otorrinolaringologista. Busque ajuda caso perceba um dos sintomas mencionados acima.

Se você tiver algum dos sintomas de um tímpano rompido, o médico fará um exame detalhado com a ajuda de otoscópico que é um instrumento com uma luz que é usada para olhar dentro da orelha.

Na maioria dos casos, se houver um buraco ou rasgo no tímpano, o médico poderá vê-lo. No entanto, existem casos em que pode haver muita cera e será necessária a drenagem.

Se esse for o caso, o médico pode limpar o canal auditivo ou prescrever soluções otológicas para você usar para ajudar a eliminá-las.

Existem ainda vezes em que o médico usa uma ampola de borracha acoplada ao otoscópio para soprar em seu ouvido. Se o tímpano não estiver rompido, ele se moverá quando o ar o atingir, mas se estiver rompido ele não se moverá, pois o ar irá atravessá-lo.

Qual a importância de tratar o tímpano perfurado?

O tímpano perfurado, quando não é corretamente tratado, pode causar complicações, como perda de audição, otites, colesteatoma e até mesmo o aparecimento de cistos no ouvido médio. O tratamento imediato, então, é importante para preservar sua audição.

De um modo geral, a perfuração do tímpano se cura sozinha e leva algumas semanas. Há casos em que a regeneração total pode levar até dois meses. Durante o período de recuperação recomanda-se usar um pedaço de algodão dentro do ouvido quando for tomar banho.

Se possível, nesse período você deve evitar assuar o nariz e tomar banhos de mar ou de piscina. Isso elimina o risco de entrar água no ouvido. Caso contrário o ouvido pode infeccionar.

Também é importante manter o ouvido seco, ou seja, a lavagem não é indicada e havendo sinais de infecção ou de rompimento da membrana por completo, o médico pode indicar o uso de antibióticos.

Formas de tratamento

Antes de mais nada, quando você procura um médico com suspeita de perfuração do tímpano, a primeira medida é afastar a possibilidade de infecção (otite). Como o tímpano é uma barreira de proteção, seu rompimento facilita a entrada de bactérias.

Se o médico constatar sinais de infecção, o tratamento será feito com antibióticos, que podem ser por via oral ou gotas otológicas. A dor costuma ser intensa nesses casos e, em geral, são necessários anti-inflamatórios e analgésicos.

Durante o acompanhamento médico, poderá se optar por observação, aguardando-se um prazo de alguns meses para que haja fechamento da perfuração de forma espontânea. Se não houver, pode ser necessária uma cirurgia para correção do tímpano.

Quando a cirurgia é indicada?

A cirurgia para corrigir o tímpano perfurado é chamada de timpanoplastia. Geralmente é indicada quando a membrana não se regenera completamente após dois meses do rompimento.

Para confirmar esse quadro, o paciente é liberado da primeira consulta e, após um período, deve voltar ao médico para a reavaliação da cicatrização.

A cirurgia pode ser feita com anestesia local ou geral, dependendo da lesão. Normalmente, o otorrino usa um microscópio para ter uma visão detalhada da região. A primeira semana depois da timpanoplastia pode haver desequilíbrio e tontura que são sensações comuns em cirurgias que afetam o ouvido.

Casos com fraturas são mais graves

A cirurgia também é indicada se a além da perfuração a pessoa apresentar fratura ou comprometimento dos ossos que formam o ouvido, o que é mais comum quando há um acidente ou um traumatismo craniano, por exemplo. É válido salientar que um atendimento médico rápido é fundamental para o sucesso dos tratamentos nesse tipo de situação.

Durante o procedimento cirúrgico é colocado um enxerto – pedaço da pele de outra região do corpo – no lugar do tímpano. Após a cirurgia a pessoa deve descansar, usar o curativo durante o período recomendado pelo seu médico e depois retirá-lo no consultório. Não é recomendado fazer exercícios nos primeiros 15 dias, nem viajar de avião durante dois meses.

Teste grátis por 7 dias

Cadastre-se e teste nossos aparelhos auditivos gratuitamente.

ao se cadastrar, você concorda receber
ligações e e-mails do centro auditivo viver.

banner form

Como evitar ter o tímpano perfurado

As duas medidas mais importantes que você deve tomar para evitar um rompimento do tímpano são: 

  • Evitar colocar qualquer objeto no ouvido – até mesmo para limpá-lo.
  • Tratar infecções nos ouvidos imediatamente.

Também é importante consultar um médico para retirar objetos estranhos do ouvido, em vez de tentar removê-lo sozinho. Outra maneira de proteger seus tímpanos é utilizando proteção adequada quando for à piscina ou realizar esportes aquáticos. Um tímpano saudável possui mais resistência a perfurações e caso seja perfurado, a recuperação será mais rápida e eficaz.

Para se manter bem informado sobre tudo o que está relacionado a sua saúde auditiva, não deixe de acompanhar o Centro Auditivo Viver pelas redes sociais:

https://www.instagram.com/centroauditivoviver/
https://www.youtube.com/channel/UCtajG8mbFxTCr_tNYJzdVVg
https://www.facebook.com/centroauditivoviver

Para se manter bem informado sobre tudo o que está relacionado a sua saúde auditiva, não deixe de acompanhar o Centro Auditivo Viver pelas redes sociais:

Instagram | YouTube | Facebook

Teste grátis por 7 dias

Cadastre-se e teste nossos aparelhos auditivos gratuitamente.

ao se cadastrar, você concorda receber
ligações e e-mails do centro auditivo viver.

banner form

Posts relacionados